Cidades e territórios luso-brasileiros no século XVIII

Trata-se de uma linha de pesquisa sediada no LPPM / UFPB, mas constituída por investigadores de diversos estados do Brasil: Clovis Ramiro Jucá Neto (CE), Juliano Loureiro de Carvalho (PB), Rubenilson Brazão Teixeira (RN), Maria Fernanda Derntl (SP), Beatriz Piccolotto Siqueira Bueno (SP), Josemary Omena Passos Ferrare (AL), Adriano Bittencourt Andrade (BA), Maria Helena Ochi Flexor (BA), Fânia Fridman (RJ). Este grupo se reúne desde 2008, visando intensificar a discussão, o intercâmbio e a difusão de conhecimento sobre a urbanização brasileira setecentista. Tendo como pressuposto a relação indissociável entre urbanização e formação territorial na América Portuguesa do século XVIII, investiga-se estes processos sob múltiplos aspectos, como por exemplo: sua relação com a política colonial; as especificidades regionais e os aspectos comuns à colônia como um todo; as lógicas subjacentes aos sistemas urbanos; a morfologia dos núcleos, seu processo de implantação e seus diversos condicionantes; a relação entre planos e resultados a longo prazo; e os diferentes agentes e saberes envolvidos no processo.

Situação: 

Em andamento

Integrantes: 

Linha de Pesquisa: